Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Governo fechou turmas porque não se importa com a Educação dos gaúchos?

Publicação:

O governo do Estado, através da Secretaria da Educação, optou pelo fechamento de 2.256 turmas dos três níveis educacionais (infantil, fundamental e médio) em escolas do Estado devido à falta de alunos. Foi um corte de 5,3% em razão da queda no número de matrículas nos últimos dez anos, que chegou a 500 mil. Boa parte da queda foi provocada por mudanças sociais que levam casais a terem menos filhos, reduzindo significativamente a taxa de natalidade no Estado, além da migração para escolas particulares.

A adequação foi discutida com as 30 Coordenadorias Regionais de Educação e atendem os parâmetros de alunos por turma estabelecidos pelo Conselho Estadual de Educação: no máximo, 25 alunos por turma no primeiro ano do Ensino Fundamental e até 50 no Ensino Médio.

Não há no Estado nenhuma turma com mais alunos que o estipulado pelo Conselho.

Em 2016, uma portaria do Estado limitou para 16 o número mínimo de alunos por turma. A medida foi ao encontro de análise do Tribunal de Contas do Estado em 2015, apontando o corte de turmas como alternativa para diminuir gastos diante da crise financeira. Atualmente, algumas turmas estavam operando com apenas 12 ou 15 alunos.

A adequação possibilitou uma melhor distribuição de recursos e incrementar a oferta de vagas, ao permitir a redistribuição de estudantes para outras classes.

Não me Trova