Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Estado recompõe servidores da segurança para combate à criminalidade

Publicação:

Durante o governo Sartori, está havendo a maior recomposição dos quadros da Segurança Pública dos últimos anos. Até o final de 2017, teremos 4.262 novos servidores na carreira.

Brigada Militar: 1.649 soldados e 24 oficiais, sendo 494 em fase de formação;

Corpo de Bombeiros Militar: 475 servidores;

Polícia Civil: 561 inspetores e escrivães e 1 delegado;

Instituto-Geral de Perícias: 106 servidores, em fase de concurso;

Susepe: 726 ingressaram e 720 estão em fase de concurso.

Na segunda quinzena de julho, 1.018 novos policiais militares começaram a atuar em Porto Alegre, na Região Metropolitana, Vale do Rio dos Sinos, Litoral Norte e Serra, com foco no combate ao latrocínio, homicídio e aos roubos. O acréscimo representa um reforço de 70% com os brigadianos recém-formados.

Com a nova turma, os 343 policiais deslocados do interior começam a retornar aos municípios de origem. Com isso, municípios com mais de 4 mil habitantes passam a contar com cinco brigadianos a partir de agosto.

Além disso, o Governo do Estado anunciou a realização de concurso com 6.100 vagas para Polícia Civil, Brigada Militar e Corpo de Bombeiros. O somatório dessas medidas começa a superar a defasagem histórica do quadro de servidores da Segurança.

Não me Trova