Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Empresa de pesquisas faz atividades da FEE gerando economia de mais de R$ 20 milhões?

Publicação:

O contrato de 24 meses firmado com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) para elaboração da Análise do Mercado de Trabalho, do Produto Interno Bruto (PIB) e do Índice de Desenvolvimento Socioeconômico (Idese), entre outros 17 indicadores, representa R$ 3,255 milhões por ano.

Somente com a execução dessas atividades pela FEE, a despesa era de R$ 27 milhões. O gasto com a Fipe será, portanto, cerca de R$ 20 milhões menor do que seria necessário para manter em funcionamento um órgão que pode facilmente ser incorporado por outra estrutura em parceria com o Estado.

Ao todo, o gasto anual da FEE era de R$ 30 milhões, enquanto a receita ficava em R$ 900 mil.

Cabe agora ao Departamento de Economia e Estatística (DEE), da Secretaria de Planejamento Governança e Gestão (SPGG), absorver as tarefas que eram da FEE, manter serviços, acervo de pesquisas e fiscalizar os contratos firmados com parceiros privados.

O processo de extinção e contratações foi conduzido por servidores e acompanhado pela Procuradoria-Geral do Estado (PGE) e a Contadoria e Auditoria-Geral do Estado (CAGE), respondendo aos trâmites legais.

Não me Trova